Reprodução Humana

Tratamento para engravidar - Casal Homoafetivo Feminino


Com o avanço das técnicas de Reprodução Assistida, o sonho de famílias que antes não poderiam ter seus próprios filhos por viverem em relacionamento com pessoa do mesmo sexo já não é mais um sonho, elas também têm a possibilidade de engravidar através do tratamento de Inseminação Intrauterina ou de Fertilização In Vitro.

Para esses casos, existe a opção de realizar o tratamento com sêmen de doador anônimo. Esse pode ser adquirido de bancos de sêmen autorizados pela ANVISA. Pode-se optar tanto por sêmen de doador internacional como o nacional, a variedade é grande. A utilização do sêmen de doador é segura.

É possível escolher características como:

  • Cor da pele
  • Cor dos olhos
  • Cor dos cabelos
  • Tipo sanguíneo
  • Peso
  • Altura
  • Profissão
  • Religião
  • Hobbies

Na Inseminação é indicado um indutor ovulatório, ou seja, um remédio para ajudar a crescer os folículos da paciente, formando, no máximo de dois a três folículos. No momento da ovulação, o sêmen do doador é descongelado, preparado e transferido para o interior do útero, onde os espermatozoides terão que chegar até as tubas uterinas, encontrar os óvulos e fertilizá-los, formando assim um embrião.

Na FIV existe a possibilidade da participação das duas no tratamento, a estimulação ovariana e transferência dos embriões podem ser realizadas na mesma paciente ou um procedimento em cada. Dessa forma, uma das pacientes contribuirá com os óvulos que serão fertilizados com os espermatozoides do doador e a outra paciente será submetida a transferência de embriões e irá gestar.

E o bebê será parecido com quem?

O material genético do embrião será parte da paciente que contribuiu com os óvulos e parte oriundo do sêmen do doador, porém, sabemos que o ambiente em que o embrião se desenvolve (útero) influencia na sua expressão genética sendo também importante para determinar característica do bebê. Se quiser saber mais sobre isso vale a pena pesquisar sobre Epigenética.